Maranhão e Pará registram o maior número de casamentos antes dos 15 anos

Questões econômicas, gravidez na adolescência e fatores culturais estão entre as razões que levam milhares de meninas brasileiras a se casarem antes mesmo de completarem 15 anos.Dados de uma pesquisa elaborada pela ONG Promundo, com apoio da Unicef, mostram que, no Brasil, cerca de 870 mil mulheres, hoje com idade entre 20 e 24 anos se casaram antes do décimo quinto aniversário.

A maioria dessas jovens está no Maranhão e no Pará. O antropólogo da Universidade Católica de Brasília, Benedito Rodrigues, acredita que o casamento precoce pode ser sintoma de problemas nas casas de muitas meninas. " É um problema quando esse casamento é forçado, a família força o casamento, dentro de casa ela tá sofrendo violência, é uma fuga, revela muitos problemas que as meninas estão enfrentando dentre de casa. Pode ser um sintoma, vamos dizer assim."

Segundo a coordenadora da pesquisa, Alice Taylor, o casamento infantil pode trazer uma série de consequências para o casal, principalmente para a futura esposa.

O Censo de 2010, do IBGE, aponta que cerca de 88 mil meninas e meninos brasileiros, entre 10 e 14 anos, são casados no civil ou no religioso, no Brasil. Se aumentarmos a faixa etária para 15 a 17 anos, o número pula para 567 uniões. No país, a idade legal para o casamento é 18 anos. Mas o casamento de menores de idade é permitido com a autorização dos pais.

publicado em: 21 setembro 2015